terça-feira, 31 de agosto de 2010

Ramerrame Amoroso

Da vastíssima crônica dos amores perdidos
(Alheia e própria)
Aprendo que,
Pior que não ter um amor,
Que o esquecer
Ou vê-lo partir,
É perder a hora de desistir

(AA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário